Opensoft atinge melhor ano de sempre em 2020 e premeia colaboradores

Opensoft atinge melhor ano de sempre em 2020 e premeia colaboradores

Opensoft atinge melhor ano de sempre em 2020 e premeia colaboradores

Salário adicional a cada membro da equipa pelo esforço e empenho no ano em que a empresa faturou 5,17 milhões de euros. Aposta no setor público dos PALOP rende frutos com projetos em 4 países. Tecnológica nacional procura 20 engenheiros de software.

 

A Opensoft atingiu um volume de negócios de 5,17 milhões de euros em 2020, o valor mais alto de sempre desde a sua fundação e um crescimento de mais de 20% em relação a 2019. Para reconhecer o esforço da equipa num ano atípico, a empresa atribuiu a todos os colaboradores um salário adicional além do prémio anual.

 

“Os resultados que conseguimos atingir neste período difícil resultaram totalmente do empenho e profissionalismo da equipa da Opensoft. Quisemos reconhecer este facto atribuindo um salário adicional a todos os colaboradores.”, revela José Vilarinho, CEO da Opensoft.

 

Em linha com este crescimento, a Opensoft pretende contratar 20 novos colaboradores até ao final do ano para reforçar a sua equipa técnica, sobretudo engenheiros de software, tendo em vista atingir os 100 colaboradores até ao final do ano. Além disso, 2021 será um ano de parcerias, sobretudo na área internacional.

 

“O nosso foco internacional continuará muito voltado para os PALOP, uma vez que acreditamos que as nossas competências poderão ter impacto direto na economia destes países e na qualidade dos serviços públicos aos cidadãos. Ainda assim, não descuramos a prospeção junto dos países europeus, nomeadamente através da oferta de soluções tecnológicas que visam combater a fraude e a evasão fiscal”, declara José Vilarinho.

 

Apesar das mudanças impostas pela pandemia, a Opensoft conseguiu garantir as entregas acordadas com os clientes e ainda concretizar novos negócios, especialmente no mercado internacional, onde está a desenvolver projetos em 4 países dos PALOP. Aliás, o volume de faturação internacional na empresa já supera os 10%.

 

O crescimento na faturação internacional justifica-se pelo envolvimento da Opensoft em várias iniciativas estratégicas de transformação digital que estão a melhorar a acessibilidade dos cidadãos aos serviços públicos, sendo o governo de Cabo Verde, um dos principais clientes.

 

“Grande parte dos nossos projetos existem para melhorar a acessibilidade dos cidadãos aos serviços públicos. Ter um papel ativo nestes projetos é algo que nos orgulha”, conclui o responsável.

 

Sem comentários

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website