Organização em risco? Algumas ações para o ajudar!

Opensoft > Blog  > Organização em risco? Algumas ações para o ajudar!
Organização em risco? Algumas ações para o ajudar!

Organização em risco? Algumas ações para o ajudar!

Nenhuma organização está imune aos riscos e aos fracassos, independentemente da sua área de negócio. O progresso tecnológico cria muitas oportunidades, mas também muitos desafios às organizações que precisam de se adaptar na tentativa de não ficarem obsoletas e manterem a sua relevância no mercado.

 

Quando uma organização é confrontada com mudanças na economia e com resultados menos positivos é tentador desistir. Mas desistir é fácil, o verdadeiro desafio é resistir. Por norma, as alterações profundas ao negócio não acontecem de um dia para o outro, sendo possível fazer alguma previsão sobre paradigmas de mercado ou novas necessidades do consumidor. Nesse esforço de previsão e de adaptação, é importante avaliar quais são as vulnerabilidades da organização, quais as opções para alterar o modelo de negócio ou quais os obstáculos que existem à transformação do negócio.

 

Para ajudar a avaliar estas questões e minimizar riscos , comece por responder a esta lista de questões que partilhamos.

 

1. O que está a correr mal?

 

Uma das formas de perceber o que está a correr é através do grau de satisfação dos clientes. É importante ter uma forma de recolher o feedback dos clientes, não só para perceber as razões da sua insatisfação, mas também para poder agir sobre a oferta de produtos e serviços. Faça da avaliação da satisfação do cliente uma prioridade e envolva os seus clientes para perceber quais são as suas verdadeiras necessidades. Depois, alinhe o produto/serviço a um plano de marketing adaptado aos objetivos definidos.

 

2. A organização está a ser avaliada de forma objetiva?

 

Muitas vezes, quem está dentro de uma organização não consegue ter uma visão imparcial do negócio. É importante ter em mente que ninguém possui todo o conhecimento de um negócio, nem mesmo quando fala da sua organização. Assim, é aconselhável procurar conselhos e ouvir a experiência de outras pessoas que já passaram por situações semelhantes ou, se preferir, contrate um consultor para fazer uma avaliação à organização e listar os riscos potenciais.

 

3. Estou a negligenciar a equipa?

 

A equipa desempenha um papel muito importante numa organização. Uma equipa dedicada e comprometida com o sucesso é condição essencial para fazer o negócio crescer. Deve ser transmitido às equipas que o seu trabalho tem influência direta nos resultados da organização.

 

4. Preciso de voltar à estaca zero?

 

Às vezes, não há nada melhor do que voltar ao início. Repense a sua proposta de valor: será que a diferença do seu negócio é algo que já não é atrativo para o mercado?

 

Use o feedback que recolhe dos seus clientes para definir metas claras e específicas. Selecione as mais relevantes e concentre-se nelas, porque tentar atingir demasiados objetivos ao mesmo tempo pode ser mais prejudicial ao negócio do que benéfico.

 

5. A tecnologia pode ajudar-me?

 

A tecnologia pode ser uma ajuda importante ao seu negócio, permitindo ganhos de produtividade na equipa e proporcionando uma melhor experiência ao cliente. E nem sempre é necessário um investimento muito avultado para fazer a diferença.

 

Alguns acertos nos sistemas de gestão de contactos permitem uma organização das tarefas mais prática e aumentar as vendas. A automação de algumas tarefas manuais podem ter ganhos de eficiência exponenciais e libertar a sua equipa para tarefas mais criativas e de pensamento crítico, nomeadamente a procura de novos serviços ou ideias para melhorar o atendimento ao cliente.

 

A sua organização, como tantas outras, está sujeita a riscos e a sofrer mudanças radicais, fruto de novas necessidades do consumidor, mercado ou novas tendências. O importante é ser capaz de as enfrentar e adaptar o seu negócio e a sua equipa, não excluindo a ajuda de um parceiro como a Opensoft, que já detém uma vasta lista de projetos de adaptação e de mitigação de riscos em vários setores. Contacte-nos!

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website