A importância do atendimento ao cliente

Opensoft > Blog  > 
A importância do atendimento ao cliente

A importância do atendimento ao cliente

O atendimento ao cliente sempre foi algo importante nas organizações: é a experiência do cliente e o seu grau de satisfação que garantem, por exemplo, o seu grau de fidelidade.

 

Nos últimos anos, as exigências dos clientes têm aumentado, pressionando as organizações a prestar um melhor atendimento. Os clientes de hoje esperam vários canais de contacto (digitais e físicos), maior disponibilidade para verem os seus pedidos satisfeitos e, através do grande poder da Internet, podem facilmente ter acesso a opiniões e experiências de outros clientes. Por essa razão, muitas vezes, quando o consumidor faz um contacto com a organização, as suas expectativas já estão moldadas pelas experiências de outros clientes.

 

Assim, já não é possível negar a importância do atendimento ao cliente e como este acrescenta valor e afeta o desempenho do seu negócio.

 

Vale a pena investir no atendimento ao cliente?

 

Os consumidores de hoje esperam que as empresas lhes proporcionem experiências excecionais de forma consistente. De acordo com um estudo da Salesforce, 66% dos inquiridos esperam que as empresas entendam suas necessidades e expectativas próprias, mas normalmente sentem-se tratados como números.

 

As organizações já estão a investir no atendimento ao cliente e a perceber os seus benefícios: melhora a reputação da marca e facilita a adoção de novos produtos ou procedimentos pelos clientes.

 

Mas, como avaliar que o investimento no atendimento está a ser rentabilizado? Uma abordagem orientada a objetivos e dados pode ser a solução. Para isso, é necessário:

 

– Definir metas que se interliguem com o desempenho do negócio, por exemplo o grau de satisfação do cliente, o número de vendas realizado através de canais online/offline, entre outras;
– Criar estratégias e planos de atendimento ao cliente para atingir esses objetivos;
– Recolher dados e feedback do cliente continuamente e utilizar essa informação para melhorar o atendimento ao cliente.

 

As abordagens baseadas em dados garantem o foco nas necessidades do cliente, são mais flexíveis a mudanças, tanto do mercado como do cliente, e podem ajudar as organizações a maximizar os investimentos no atendimento ao cliente.

 

O que mudou no atendimento ao cliente

 

Já referimos que as exigências dos clientes evoluem, sendo a tecnologia um dos principais fatores para que surjam novas exigências. No entanto, também contextos extraordinários, como a pandemia provocada pela covid-19, têm efeitos muito relevantes.

 

Quando a maioria dos serviços foram obrigados a restringir ou eliminar o atendimento presencial, houve necessidade de repensar o atendimento ao cliente e voltá-lo para um único canal, o digital. Não há dúvida que este “acontecimento” já está a normalizar as tendências na área do atendimento ao cliente, nomeadamente:

 

Atendimento digital: o canal digital já reunia as preferências de muitos utilizadores, mas a pandemia fez com que este passasse a ser, por vezes, o único meio de contacto do cliente com as organizações. Cientes deste cenário, muitas organizações decidiram apostar em melhores experiências aos utilizadores, nomeadamente o atendimento através de videoconferência e a realização de tarefas complexas que carecem de verificação de identidade ou da recolha de dados biométricos (como o pedido de um passaporte).

 

Automação e auto-atendimento: os assistentes virtuais permitem reduzir a sobrecarga no atendimento ao cliente e estão disponíveis 24h por dia, todos os dias da semana. Estas aplicações, ajudam os clientes a encontrar respostas para perguntas com maior rapidez, eficiência e sem necessidade de intervenção humana.

 

Pagamentos digitais: as tendências dizem-nos que estamos a evoluir para uma sociedade sem dinheiro físico. Os consumidores exigem formas de pagamentos rápidas, eficientes e, por causa da pandemia, mais higiénicas. Em abril de 2020, o número de clientes registados em mobile banking aumentou 200%, enquanto o tráfego do mobile banking aumentou 85% (dados NCR Corporation). Este aumento da utilização do “banco digital” teve como consequência o crescimento de pagamentos digitais por parte dos consumidores, fazendo com que a banca esteja a apostar neste canal.

 

Porque é que as organizações estão a dar mais importância ao atendimento ao cliente? Simples, porque o cliente assim o exige e ignorar essa “exigência” terá um impacto negativo no negócio.

 

Não ignore esta tendência e otimize o atendimento ao cliente da sua organização, por exemplo, através de soluções de atendimento digital. Fale connosco para trabalharmos juntos numa solução para o seu negócio!

 

 

1 Comentário
  • João Rocha
    Responder
    Posted at 9:57, 17 Junho, 2021

    Muito interessante reflexão!
    Do meu ponto de vista espera-se transparência por parte das empresas, de forma que os clientes saibam exatamente quando estão a interagir com um interlocutor humano ou digital. Creio que não são apreciadas máquinas que falam como pessoas, nem pessoas que falam como máquinas.
    Desafiante!

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website