Desenvolvimento de software à medida: 6 tendências que vai querer conhecer

Opensoft > Blog  > 
Desenvolvimento de software à medida:

Desenvolvimento de software à medida: 6 tendências que vai querer conhecer

O desenvolvimento de software à medida permite que as organizações utilizem aplicações que foram concebidas para responder às suas necessidades e métodos de trabalho específicos, em vez de se tentarem adaptar a softwares generalistas.

 

Quando as organizações pensam em desenvolver uma nova aplicação, há sempre um momento em que têm de decidir se optam pelo software à medida ou por uma solução já existente no mercado. Essa decisão deve ser fundamentada nos objetivos da nova aplicação e ter em conta o orçamento e o tempo disponível para desenvolvimento da aplicação.

 

Muitas vezes, a opção de desenvolvimento à medida fica envolta em alguns mitos que importa esclarecer. Não, nem sempre o software à medida é muito caro ou demora muito tempo. Muitas organizações, de diferentes dimensões, continuam a escolher esta abordagem tecnológica para criar soluções flexíveis e escaláveis, ou seja, que acompanham o crescimento da organização, tanto em dimensão como em número de clientes.

 

Como seria de prever, também o desenvolvimento de software à medida vai-se adaptando às evoluções tecnológicas e às exigências das organizações e dos seus clientes. Assim, reunimos algumas tendências para ter em conta no seu projeto tecnológico.

 

1. Tecnologias open source

 

As tecnologias open source tornaram-se tão populares que estão a ser utilizadas por várias empresas tecnológicas. De acordo com o relatório 2020 State of Enterprise Open Source (Red Hat), 86% dos IT Managers dizem que as empresas mais inovadoras estão a utilizar tecnologias open source e 77 % acredita que a utilização destas tecnologias vai continuar a crescer.

 

A utilização de tecnologias open source já é algo habitual em diversos projetos tecnológicos e em várias áreas de atuação. A Opensoft também tem seguido esta tendência nos seus projetos, tendo inclusivamente disponibilizado uma framework gratuita e open source dedicada ao desenvolvimento de formulários, Lightweightform. Sabia que esta framework foi utilizada na atualização tecnológica de aplicações na área da Administração Pública?

 

Java, Angular ou React são tecnologias open source e são inúmeras as vantagens da utilização destas tecnologias (promoverem mais flexibilidade e facilidade de integração com outras aplicações, por exemplo), por isso, não será surpreendente serem utilizadas em milhares de aplicações por todo o mundo.

 

2. Aplicações alojadas na cloud

 

O alojamento na cloud tem sido uma tendência crescente nos últimos anos: em 2018, 73% das organizações tinham, pelo menos, uma aplicação na cloud.

 

A cloud promove a agilidade da infraestrutura tecnológica e das aplicações utilizadas no negócio, reduzindo custos e tendo a vantagem de ser facilmente escalável. Permite também fomentar a agilidade e a inovação na organização.

 

Foi a cloud que permitiu que muitas organizações pudessem continuar a operar em teletrabalho e sem grandes dores de cabeça durante o período de confinamento devido ao surto de coronavírus.

 

A importância da cloud é visível nas previsões da consultora IDC para este ano: espera-se que os investimentos em tecnologia diminuam 5%, mas os gastos em serviços cloud aumentem.

 

3. Inteligência artificial (agora ou no futuro)

 

Atualmente fazemos uma utilização praticamente diária das aplicações de inteligência artificial (IA), seja através de uma aplicação GPS que nos mostra a melhor rota para o nosso destino ou do uso de um chatbot para fazer uma encomenda.

 

A IA está, passando a redundância, a ficar cada vez mais inteligente e a conseguir funcionar de forma automatizada sem deixar qualquer impressão negativa na experiência dos utilizadores. Nas organizações, os ganhos notam-se também nas tarefas diárias dos colaboradores que deixam as tarefas repetitivas para se dedicarem a tarefas de desenvolvimento do negócio, por exemplo.

 

Ainda que muitos possam considerar que implementar IA numa organização seja algo longínquo, prever a sua utilização na aplicação que pensa agora desenvolver tornará tudo mais simples quando esse momento chegar.

 

4. Segurança como prioridade

 

Um ciberataque, além de ter um impacto monetário muito significativo, pode levar à paralisação de uma organização durante dias. Assim, proteger os dados e as informações da empresa é algo que deve ser visto como uma prioridade.

 

Hoje em dia, os dados são um dos bens mais importantes de qualquer organização, por isso no desenvolvimento de um projeto de software à medida é essencial que as preocupações com a segurança sejam uma prioridade, nomeadamente através do uso de padrões de codificação seguros para dificultar os ataques.

 

5. Progressive Web Apps

 

As Progressive Web Apps (PWAs) são aplicações móveis executadas a partir de um browser e com um funcionamento semelhante a uma aplicação nativa.

 

A sua utilização está a crescer, especialmente pelas suas vantagens em relação à experiência do utilizador: não necessita de download através das lojas de aplicações, permite utilizar recursos do dispositivo através do browser, incluindo a câmara fotográfica, e funciona offline, entre outras vantagens.

 

Além disso, as PWAs permitem uma redução do custo e tempo de desenvolvimento em relação às aplicações nativas, porque não é necessário desenvolver uma aplicação para cada sistema operativo.

 

6. O utilizador como elemento central

 

A ideia de proporcionar uma boa experiência durante a utilização de uma aplicação não é algo novo. No entanto, algo que era visto como acessório há uns anos, transformou-se em obrigatório, já que o utilizador atual possui padrões de utilização e de serviço cada vez mais exigentes.

 

Desenvolver uma aplicação que promova uma relação duradoura e lealdade à organização, assim como um sistema de recolha de feedback é um trabalho das equipas de vendas, marketing e também da equipa de desenvolvimento do software.

 

Numa altura em que os investimentos em tecnologia são bastante ponderados é importante que as organizações incorporem estas tendências nas suas iniciativas tecnológicas. Investir no que faz sentido para o seu negócio, apoiado pelo aconselhamento tecnológico certo é essencial para que o seu negócio continue a inovar e a ser relevante no mercado. Contacte-nos para discutirmos o seu próximo projeto tecnológico!

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website