Sete ideias para criar uma cultura de inovação na sua organização

Sete ideias para criar uma cultura de inovação na sua organização

Sete ideias para criar uma cultura de inovação na sua organização

Uma cultura de inovação ajuda ao sucesso das organizações. Esta é influenciada por vários fatores: estratégia, valores da organização, estrutura de gestão e processos, equipa e comunicação interna. A cultura de risco e a forma como a organização é liderada também são importantes, daí a importância de se criar um ambiente “amigo da inovação”.

 

Contudo, promover uma cultura de inovação pode não ser uma tarefa fácil. Na verdade, cerca de 54% dos líderes de organizações dizem ter dificuldade em alinhar a estratégia de inovação com os objetivos do negócio. Assim, como é que a liderança pode promover a inovação? Deixamos-lhe algumas pistas para que não falte inovação na sua organização.

 

1. Abra a porta a outros mercados

 

Se o mercado da sua organização está muito competitivo, porque não tentar uma abordagem a novos mercados? Defina as características do mercado a conquistar, avalie se a sua organização pode acrescentar algum valor e, em caso positivo, construa um novo posicionamento tendo em vista o novo mercado.

 

2. Aposte na sua equipa

 

A motivação de uma equipa é um fator importante para o desenvolvimento de novas ideias. Os líderes da organização devem ouvir, orientar e confiar na sua equipa. Um ambiente em que se promove a autonomia da equipa e se incentiva a procura de novas formas de resolver problemas ou de se relacionar com o cliente é propício à inovação.

 

3. Não impinja a inovação

 

A criatividade pode ser encorajada, mas não deve ser forçada. As boas ideias precisam de tempo para ser concebidas, normalmente. Assim, opte por criar incentivos à criatividade, que até pode passar por recompensas financeiras.

 

4. Compreenda que falhar faz parte do processo

 

Inovar sem falhar é praticamente impossível. Construir uma cultura de inovação implica lidar com um elevado grau de incerteza, com o fracasso e com a necessidade de abraçar muitos desafios até atingir o sucesso. Ainda que ninguém procure o fracasso, a equipa e os líderes devem entender que isso faz parte do processo.

 

5. Não tenha medo de agir (e ser veloz)

 

Para criar uma verdadeira cultura de inovação, a organização não se pode ficar por ideias e conceitos, tem de executar. Isso não significa que tenha de pôr em prática todas as ideias, mas cada proposta deve ser avaliada. Essa avaliação deve ser rápida, porque se demorar muito tempo, quando chegar ao mercado já pode não ser assim tão inovadora.

 

6. Promova uma cultura de partilha

 

Para que a partilha de conhecimento aconteça é importante que a equipa encontre um ambiente seguro para o fazer. Por norma, as pessoas não gostam de errar, pelo que um ambiente aberto permite que a experimentação ocorra sem receios de repercussões (naturalmente que as repercussões têm de acontecer em casos de violações éticas, segurança, entre outras).

 

7. Crie um histórico da inovação

 

Muitas vezes, o ambiente propício à inovação é criado, mas não há preocupação em guardar um registo do que já foi feito. É importante saber quantas propostas de inovação já foram implementadas, quais os seus resultados e quais os seus custos. Só assim é possível perceber se existiram benefícios, quanto tempo se gastou em inovação e qual o retorno desse investimento. Este registo também ajuda a perceber se é necessário fazer ajustes à cultura de inovação em vigor.

 

Não é fácil criar uma cultura de inovação, pois exige esforço e envolvimento de todas as áreas da organização. Mas, compensa! A inovação é essencial para o crescimento do negócio e para manter a equipa motivada e dedicada a contribuir para o sucesso do negócio.

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário

Comentário
Nome
Email
Website